quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Tempestade na primavera

Há dentro de meu peito uma tempestade se armando.  E por mais que tente escondê-la por trás de um sorriso calmo meus olhos insistem em denunciar-me. Núvens negras se aproximam e já é tempo de ressurgir.