sexta-feira, 29 de abril de 2011

Redenção

Abandonei meu passado de lágrimas e incompreensões.
Botei fogo na cidade fantasma que me aprisionava. Saí nu e descalço.
Não quero mais olhar pra trás; redimi-me de meus pecados.
O velho tempo terminou. Chegou à era da ressurreição.
É tempo de redenção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário